2 banner tema direitos humanos

Participação juvenil no controle social do SUS e os Direitos Humanos

Solicitar curso
Este curso integra o I Seminário Nacional ConectAIDS e faz parte do percurso formativo sobre HIV, hepatites Virais e outras IST para o enfrentamento das epidemias, junto à população jovem, em especial jovens LGBT, além de trabalhar na perspectiva dos direitos humanos e no combate às discriminações raciais, de gênero e sexualidade.
  • Introdução
    • Apresentação
    • Introdução - Leitura
  • A Reforma Sanitária Brasileira e a construção do Sistema Único de Saúde (SUS)
    • A reforma sanitária brasileira - video aula 1
    • A reforma sanitária brasileira e a constituição do SUS Video aula 2
    • História da reforma sanitária brasileira - Leitura
    • A História das Políticas de Saúde - Vídeo aula 3
    • A reforma sanitária brasileira 20 anos depois - Leitura
    • O Sistema Único de Saúde Video aula 4
    • Participação popular controle social Leitura
    • Lei nº 8.080 - Lei Orgânica da Saúde - Video aula 5
  • Juventudes e Participação
    • Juventudes e Participação - Vídeo aula
    • Orientações para Conselheiros de Saúde
    • Direitos humanos e saúde
  • Como estou me saindo?
    • Como estou me saindo?
  • Bibliografia
    • Referências

Descrição do curso

Pretendemos, com esse módulo, produzir discussões coletivas em torno do Sistema Único de Saúde (SUS), dos Direitos Humanos e do protagonismo juvenil na construção, implementação, avaliação e monitoramento das atuais políticas de saúde. 

Para tanto, apresentaremos o campo da saúde como um espaço de disputa, demandando controle social e participação social. Trabalharemos, ainda, questões teórica-metodológicas relativas ao processo de consolidação do SUS como uma política de Estado em permanente construção. Também colocaremos em análise, o funcionamento dos conselhos de saúde (nacional, estaduais e municipais).

Objetiva-se, com tal proposta, contribuir com práticas locais implicadas no controle e na participação social das juventudes, especialmente aquelas que estão inseridas em segmentos que são alvos de violações de direitos. 

Pretendemos, ao final, construir coletivamente e singularmente possíveis inserções no cotidiano do SUS e das demais políticas. 

Categoria: Seminário ConectAIDS

Informações gerais

Conteúdo
  • Apresentação
  • A Reforma Sanitária Brasileira e a construção do Sistema Único de Saúde (SUS)
  • - Constituição federal de 1988;
  • - Princípios e diretrizes do SUS;
  • - Lei N. 8.080 (Lei orgânica da saúde);
  • - Lei N.8142 (participação da comunidade).
  • Juventudes e participação: os desafios de inserção nas instâncias de controle social
  • - Orientações para conselheiros/as;
  • - Transvalorando a burocracia.
  • - Direitos Humanos, Juventudes e Sistema Único de Saúde
  • Bibliografia
Objetivo

Contribuir com práticas locais implicadas no controle e na participação social das juventudes, especialmente aquelas que estão inseridas em segmentos que são alvos de violações de direitos. Pretendemos, ao final, construir coletivamente e singularmente possíveis inserções no cotidiano do SUS e das demais políticas.

Público alvo

Jovens que vivem em diferentes realidades do território nacional.

Metodologia

Vídeo-aulas, atividades com suporte didático-pedagógico; textos, chat, apresentações; leitura e interpretação de textos; fórum de discussão e autoavaliação.

Certificado

O certificado será enviado após a conclusão do I Seminário Nacional ConectAIDS e requer nota mínima de 75% de aprovação.

Professores

Luis Fernando Benício


Psicólogo hospitalar, é mestrando em psicologia e cursa especialização em Saúde da Família. É pesquisador-bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Integra o grupo de pesquisas e intervenções sobre violências e produção de subjetividades. Supervisona o projeto de extensão Re-Tratos da Juventude, atuando na formação de profissionais por meio da construção de dispositivos de análise coletiva e intervenção micropolítica em Fortaleza-CE. Desenvolveu trabalho de apoio institucional na Rede de Atenção Psicossocial de Fortaleza e foi colaborador do projeto "Close Certo" do departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde.

Comece agora

Solicitar curso